NOTÍCIAS

Terreno no Indubrasil tem valorização

Publicado em 6 de Outubro de 2013 às 08:00

 

“Conseguia um lote acessível, para quem é de baixa renda aqui. Com R$ 2 mil você comprava seu ‘terreninho’ e podia construir sua casa. Hoje? Vixi, tá caro. Não compra por menos de R$ 20 mil”, avalia o trabalhador de indústria aposentado, Ênio da Silva, de 56 anos, que há 27 anos mora e acompanha a valorização na região do Indubrasil, em Campo Grande.

E ele está certo nas contas. Conforme matéria publicada na edição deste domingo (6) no jornal Correio do Estado, levantamento da Câmara de Valores Imobiliários (CVI) comprova que na última década o metro quadrado do Indubrasil valorizou mais de 566% - de R$ 3, em outubro de 2003, para R$ 20, em setembro deste ano. Na mesma região, na parte do Jardim Inápolis, o índice dobra: 1.150%, saltando de R$ 2 para R$ 25.

No bairro vizinho, a Vila Popular, a supervalorização é ainda maior: 1.169%. O metro quadrado há 10 anos custava R$ 13 e hoje é comercializado por R$ 165. Os dados da CVI consideram a média dos valores praticados na região, que compõem a Planta Genérica de Valores de Terreno da Capital e servem de base para cálculo da cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A reportagem é de Paula Vitorino.


Voltar

Últimas Notícias